Fiestas para todos con las galletas infantiles Gullón

Festas para todos com as bolachas infantis Gullón

Alguma vez se questionou sobre que alimentos levar para festas de aniversários infantis? As festas dos pequenos podem ser um pouco complicadas quando há amiguinhos com alergias ou intolerâncias. Se é o seu caso, vamos ajudá-lo a distinguir alergias e intolerâncias mais comuns em idade infantil. Assim, pode escolher quais as bolachas infantis Gullón que pode levar para a festa de anos!

Alergias e intolerâncias das crianças

Muitas vezes os termos são confundidos, provavelmente porque alguns sintomas possam ser semelhantes e, nos dois casos, o tratamento mais eficaz é eliminar o alimento da dieta. Mesmo assim, são doenças completamente diferentes.

Alergias alimentares

Uma alergia é uma reação do sistema imunitário contra uma substância que reconhece como estranha. Este sistema gera defesas, conhecidas como anticorpos, para a expulsar. Uma alergia alimentar é causada, geralmente, por uma proteína de origem alimentar. Se quiser saber mais, encontrará mais informações sobre este tema no artigo “alergias alimentares, o que são e como as tratar”.

Os sintomas podem ser muito variados consoante o alergénio e o tipo de alergia. Podem até produzir manifestações menos graves. Por exemplo, manifestações cutâneas e gastrointestinais. Por vezes são mais graves, como as respiratórias ou o choque anafilático. No caso das manifestações gastrointestinais, costumam ser confundidas com intolerâncias alimentares, pois a sintomatologia é parecida.

Entre as alergias alimentares mais comuns na idade infantil estão as alergias provocadas por:

  • Proteínas do leite de vaca
  • Ovo
  • Trigo (glúten)
  • Marisco e peixe
  • Frutos secos
  • Alguns frutos

Algumas alergias alimentares infantis podem aparecer nos primeiros anos de vida. Noutras situações pode acontecer o oposto. Há ainda casos em que as alergias podem aparecer apenas com o passar dos anos.

Intolerâncias alimentares

As intolerâncias alimentares mais comuns devem-se à falta de componentes no organismo, chamados enzimas. Estas impedem a correta digestão de um nutriente ou componente alimentar. Como consequência desta indigestão, podem aparecer sintomas gastrointestinais, tais como dor e distensão abdominal, náuseas, diarreia, obstipação e refluxo.

Por vezes podem aparecer sintomas extraintestinais muitos variados. O que faz com que seja mais difícil associar o sintoma com a causa, pois um sintoma como uma enxaqueca ou psoríase não costuma ser associado à intolerância de um alimento.

As intolerâncias alimentares mais comuns em idade infantil são:

  • Intolerância à lactose: é a intolerância alimentar mais comum. É bastante frequente em pessoas adultas devido à diminuição progressiva da produção de lactase (a enzima que decompõe a lactose para a poder absorver) por parte do organismo. Mas na idade infantil também existe uma importante incidência.
  • Intolerância ao glúten não celíaca: esta doença é muitas vezes confundida com a doença celíaca, pois as suas causas e sintomas são muito semelhantes. Ao ingerir glúten surge a sintomatologia. A intolerância ao glúten é difícil de diagnosticar. Normalmente é diagnosticada por uma melhoria com a exclusão do glúten da dieta e resultados negativos nos testes para a doença celíaca.

Uma intolerância que, apesar de não ser das mais comuns, é bastante problemática: a intolerância à frutose. Há imensos produtos que contêm frutose de forma natural ou adicionada, pelo que devem reconhecer muito bem os alimentos que podem ter frutose oculta.

Doença celíaca

A doença celíaca é uma doença autoimune causada pelo glúten, uma proteína presente naturalmente em alguns cereais.
Como se trata? O melhor tratamento para esta patologia é eliminar o glúten da dieta, pois com a ingestão de glúten surgem os problemas intestinais. Apesar de na maioria dos casos esse dano intestinal ser reversível, quando atinge níveis elevados pode tornar-se permanente.

Na maioria das situações, os pacientes celíacos seguem o tratamento à risca para evitar os sintomas. Mas existe uma pequena percentagem de pacientes que apresenta uma versão assintomática da doença. Esses costumam fazer um tratamento mais flexível e permissivo, ou seja, de vez em quando tomam produtos que contêm glúten ou vestígios do mesmo. Apesar de esses pacientes não mostrarem sintomas, o dano intestinal continua presente e a longo prazo pode tornar-se crónico, se o glúten não for eliminado da dieta.

Quer saber que bolachas infantis Gullón pode usar em festas de crianças?

Como pode ver, na Gullón também nos preocupamos com os mais pequenos. Por isso, entre as nossas variedades infantis temos 4 opções sem alergénios. E ainda duas bolachas infantis sem trigo para celíacos. Veja a tabela para saber mais.

Últimos artículos